Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 Alberto Guzik
 Cléo De Páris
 Teatro para Alguém
 Gerald Thomas
 Ivam Cabral
 Rodolfo García Várques
 Caderno Teatral
 Guia OFF
 Revista Bravo
 Palavra Raiz
 Blog Jacaré Banguela
 Blog Acidez Feminina
 Blog Velha do Teatro


 
 
Desconforto - por Talita Olivieri


Pra cantar!

Bom Conselho

Ouça um bom conselho
Que eu lhe dou de graça
Inútil dormir que a dor não passa
Espere sentado
Ou você se cansa
Está provado, quem espera nunca alcança

Venha, meu amigo
Deixe esse regaço
Brinque com meu fogo
Venha se queimar
Faça como eu digo
Faça como eu faço
Aja duas vezes antes de pensar

Corro atrás do tempo
Vim de não sei onde
Devagar é que não se vai longe
Eu semeio o vento
Na minha cidade
Vou pra rua e bebo a tempestade

(Chico Buarque)



Escrito por Talita Olivieri às 23h46
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Mentira.

Hoje acabei de ler o livro que ganhei esse domingo "Mentiras e Confissões: Todas as serpentes do paraíso & outras histórias" de Chantal Dalmass. Eu estava na fila para o cinema no Espaço Unibanco da Augusta e a Chantal estava distribuindo exemplares do seu livro. E eu fui agraciada com um deles. Chantal uma figura, com cabelos longos e cacheados, castanhos em corte V, numa justíssima calsa jeans, salto preto e blusa preta com um super decote também em V evidenciando seus seios turbinados, como se pode conferir em uma das histórias (mentiras ou confissões) que compõe o livro. Logo na primeira página do exemplar há um papel colado dizendo 'Sou egoista, mas estou dando!' e assim ela explica o motivo da distribuição de seu livro, livro este dedicado a dois amores! E aconselha também que após ler passar para frente o exemplar, que o largue em algum banco de praça, ou metrô ou taxi, como ela tem feito. E assim circulando suas mentiras e confissões. Gostei da ideia, ao ver tudo isso na fila para o cinema aproveitei e pedi que Chantal me escrevesse uma dedicatória. Um livro com dedicatória tem sempre um gostinho diferente. Então está aí, agora que eu terminei de ler, vou fazê-lo circular, mas não da forma aconselhada, pois sou egoista também. Irei passá-lo para amigos que sei que irão gostar das serpentes do paraíso. 

Aí segue o blog da Chantal pra quem ficou curioso em saber mais sobre essa história

http://chantaldalmass.zip.net



Escrito por Talita Olivieri às 22h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Será?

Não gosto de jogar, brincar, falsear com os sentimentos dos outros. Mas é duro quando o nosso também está em jogo. Quando eu não jogo eu perco, sofro. Será que se eu jogar o resultado vai ser diferente? Difícil. Quando se trata de sentimentos, de querer bem não há certo ou errado. Existe apenas o que o coração diz, mas as vezes a razão é contrária, então a gente se desvirtua. Nunca saberemos como seria se tivessemos tomado atitudes diferentes. E também não tem como prever nada. O jeito é viver. Vivendo e aprendendo a jogar... Deixar rolar.



Escrito por Talita Olivieri às 22h08
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



É dificil aprisionar os que tem asas...



Escrito por Talita Olivieri às 20h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Casual

Hoje pela manhã quando eu estava saindo para ir ensaiar, comendo um sanduiche de pão de forma com queijo, é, tive que sair comendo para não me atrasar... Na rua de casa estavam dois garis varrendo a rua e conversando sobre política. sim política! Um deles comentou: se o PT entra aí já viu né. A mulher sua companheira de trabalho diz: eu ainda não sei pra quem vou votar pra deputado estadual. Então ele responde na sua quase animação: pra deputado federal vou votar no Tiririca! A conversa não deve ter parado por alí, mas eu tinha que continuar a minha caminhada até o ponto de ônibus, não pude acompanhar mais nada. E assim fui me distanciando, pensando na vida.. e nos candidatos a deputados que também não escolhi ainda.



Escrito por Talita Olivieri às 19h23
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]